Caponata de família

Eu tenho loucura por berinjela e casei com uma pessoa que também adora! Então, um passeio por qualquer feira, hortifruti e mercado sempre nos garante algumas unidades de berinjela pra semana. Juro, chego quase a enjoar! Mas isso me ajuda a pensar em diferentes preparos com o ingrediente.  🙂

Na lista dos meus preferidos está essa Caponata que minha mãe faz desde sempre e que eu andei adaptando um pouco. Dá pra servir como salada, como acompanhamento, como aperitivo com paezinhos! Mil e uma utilidades como qualquer preparo usando essa queridinha!

Caponata

Rendimento: 8 porções de salada

Ingredientes:

1/2 xícara de azeite de oliva extravirgem

1 pimentão vermelho sem semente cortado em cubista

1 pimentão amarelo sem semente cortado em cubos

2 cebolas grandes cortadas em cubos

2 berinjelas grandes cortadas em cubos

1/2 xícara de vinagre de vinho branco

1 colher (chá) de sal

100g de lascas de amêndoa

Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:

  1. Numa panela grande, aqueça o azeite e frite as lascas de amêndoa. Assim que elas começarem a escurecer, retire as lascas com uma escumadeira e reserve.
  2. Na sequência, frite os legumes por ordem de firmeza: pimentões, cebola e berinjela.
  3. Quando os primeiros ingredientes estiverem al dente, junte o vinagre, o sal e a pimenta.
  4. Tampe e cozinhe em fogo baixo por 15 minutos.
  5. Deixe esfriar e, na hora de servir, coloque as lascas de amêndoas.

Anote aí algumas dicas preciosas pra essa receita:

  • Cuidados na hora de escolher a berinjela. Ela deve estar com a casca firme e ATENÇÃO: não pode ter furinhos. Se tiver, descarte, corra, chame o bombeiro! Você vai encontrar um bichinho morando lá dentro e, acredite, você não vai querer isso!
  • Além de berinjela, essa receita leva pimentões também. E aqui vale uma dica bacana que é: lembre-se de que cada legume tem o seu tempo próprio de cozimento. Assim, o ingrediente mais duro deve ir pra panela primeiro, seguido do mais sensível. Assim cada um cozinha o tanto certo e chegam no ponto juntos!
  • Os pimentões ficam ainda melhores se entrarem na receita sem pele. Isso tira aquela lembrança que o pimentão deixa em nossos estômagos! Para retirar a pele, queime a casca na boca do fogão ou coloque-os no forno em altíssima temperatura (perto de 300 graus) até ficarem com a pele queimada. Na sequência, coloque o pimentão com a pele queimada em um saco plástico e feche. Espere amornar e, sob a água corrente, retire a pele com as costas de uma faca.

Em tempo: serve de salada, mas fica maravilhoso como entradinha, com torradas ou pão italiano. 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s